Como gestor de uma autopeça, você deve saber quais são as importantes peças de um motor automotivo e que o motor é como o coração de um carro, correto? Graças a ele, o veículo tem potência o suficiente para funcionar e se locomover rapidamente.

Porém, é muito comum nos depararmos com donos de oficinas mecânicas que sequer sabem diferenciar as peças de motor automotivo, além de não entenderem nada a respeito da relevância e da função de cada item que compõe essa ferramenta insubstituível.

Portanto, neste conteúdo, mostraremos as 10 mais importantes peças que fazem parte do motor de um automóvel que você precisa conhecer. Quer saber mais sobre o assunto? Então continue a leitura do artigo para conferir!

1. Bloco do motor

O bloco do motor é como se fosse o corpo, sendo a maior parte de todo o conjunto e responsável por sustentar os demais componentes que o integram. Em geral, é produzido em ferro fundido ou alumínio.

O bloco do motor determina aspectos como a disposição e o número dos cilindros — local em que acontece a combustão. Além disso, é no bloco que ficam as câmaras de arrefecimento e lubrificação (a ar ou a água, dependendo da aplicação).

Por fim, o bloco é composto por todas as peças que mostraremos a seguir, como bielas, válvulas, pistão, anéis do pistão, velas de ignição, entre outras.

2. Pistão

O pistão é a peça responsável pelo movimento de compressão e expansão dos gases dentro do motor. Sua composição é feita de ligas de alumínio e seu formato é levemente cilíndrico, com uma espécie de pino central na extremidade inferior (interligado à biela).

No caso de motores de ciclo Otto, sua cabeça é reta, mas também pode ter uma câmara de combustão em seu topo (ciclo diesel). É integrado por dois modelos de anel: os de lubrificação e os de vedação.

Esse é um dos tipos de peças de motor automotivo que, em carros antigos, geralmente eram produzidas em ferro fundido, mas nos automóveis novos foram substituídas por alumínio para reduzir as chances de superaquecimento na motorização.

3. Anéis do pistão

Os anéis do pistão fazem a vedação deslizante entre o bordo interior do cilindro e a borda externa do pistão. Suas duas principais finalidades são:

  • manter o óleo no cárter, impedindo que vaze para a área de combustão, onde seria queimado e desperdiçado, além de produzir uma fumaça tóxica;
  • impedir que a mistura de combustível e ar seja espaçada da câmara de combustão, vazando para o cárter durante os movimentos de compressão e combustão.

Em geral, os veículos que são conhecidos por “queimar óleo” e que necessitam que um litro seja adicionado a cada 3 mil km aproximadamente, fazem isso porque os anéis de vedação são velhos, estão desgastados e já não realizam mais suas funções como deveriam.

4. Cilindros

Cilindros são uma das principais e mais importantes peças de motor automotivo, pois possibilitam o movimento do pistão — portanto, são indispensáveis. A potência da estrutura da motorização está relacionada diretamente aos cilindros. É por isso que, quanto mais cilindradas, maior a potência do motor de um carro.

5. Válvulas

As válvulas são as peças que vedam as estruturas compostas na câmara, mantendo a combustão ao escapamento. Além disso, são responsáveis por gerar a abertura aos gases. Para que ocorra um ciclo completo, é necessário que as válvulas de admissão capturem o combustível e o ar.

Lembrando que, quando há algum problema nas válvulas, é comum que aconteça a queima de óleo e gás, causando uma enorme quantidade de fumaça escura.

6. Vela de ignição

Mais uma das peças de motor automotivo que são consideradas indispensáveis — e é importante que todo gestor de oficina mecânica entenda ao menos o básico a seu respeito.

As velas de ignição geram faíscas quando o motorista aciona a partida, fazendo com que o carro funcione. Há uma mistura de ar e gasolina que faz com que o trabalho inicial do ciclo da combustão ocorra.

Um fato curioso para agregar conhecimento é que os motores de sistema a diesel não têm essa estrutura presente.

7. Virabrequim

O virabrequim tem a função de administrar os movimentos do pistão. É no interior da câmara de combustão que ocorre a queima do combustível, gerando gases que empurram o pistão e que, por sua vez, fica interligado ao virabrequim ou à árvore da manivela.

Resumindo: o virabrequim transforma o movimento alternado dos pistões em rotação, gerando energia diretamente às rodas do automóvel. Todo esse trabalho acontece juntamente aos mancais fixos, presentes dentro do bloco do motor.

Por fim, os casquilhos (capas presentes nos mancais) têm a finalidade de reduzir o atrito que é causado no virabrequim, enquanto o bloco funde e proporciona uma lubrificação específica que garante a circulação do óleo ao sistema.

8. Biela

Trata-se da peça que liga o pistão do motor ao virabrequim. Geralmente, é composta por aço forjado para garantir que seja bastante resistente e segura. A biela é dividida em três partes:

  • cabeça;
  • corpo;
  • pé.

A cabeça é interligada ao pistão por meio de um pino, enquanto o pé é conectado ao virabrequim por uma substância conhecida como bronzina (um material antifricção).

9. Juntas

No que diz respeito à mecânica de motores, quando alguém se refere às juntas, está falando sobre as peças que interligam os variados componentes de um motor automotivo, garantindo que os fluidos não se misturem e o funcionamento do propulsor seja comprometido.

Vale destacar que as principais juntas de um motor são as do cabeçote, cárter e da tampa das válvulas.

10. Cárter

Para concluirmos nossa lista das principais peças de motor automotivo, é importante citar o cárter, responsável por armazenar o óleo que lubrifica o motor. O cárter fica localizado na parte inferior do bloco e é geralmente composto por uma chapa dura prensada.

Vale destacar, ainda, que existem modelos que não são acoplados ao bloco, sendo conhecidos pelo termo cárter seco. Em casos como esse, o lubrificante deve ser armazenado em um reservatório à parte, que se responsabiliza de levar o óleo até o motor por meio de uma bomba de pressão.

Como você pôde conferir neste artigo, existe uma infinidade de peças de motor automotivo que integram essa importante parte de um veículo. Por mais que você não seja um mecânico automotivo, é necessário conhecer ao menos o básico sobre o assunto para passar mais credibilidade aos seus clientes.

O post sobre quais são as principais peças de motor automotivo foi útil para você? Então, não deixe de acessar nossa Loja Oficial no Mercado Livre e conhecer nosso portfólio de produtos Takao.

Loja Takao Mercado Livre