Certamente, um dos grandes objetivos de todo empresário é não apenas garantir a sobrevivência do negócio em um mercado competitivo como o atual, mas também fazer sua empresa crescer. Para isso, é importante adotar boas práticas de gestão, correto? Em uma oficina mecânica não deve ser diferente.

Sendo assim, contar com um bom planejamento de negócios, eliminar falhas operacionais, investir em marketing e saber escolher bem seus fornecedores são apenas algumas das medidas que devem ser tomadas para proporcionar sucesso à organização.

Por isso, no conteúdo de hoje mostraremos as principais práticas que impedem que sua oficina mecânica seja bem-sucedida. Quer saber mais sobre o assunto? Então continue a leitura do artigo para conferir!

1. Focar nos lucros sem considerar a redução de gastos

Esse é, sem dúvidas, um dos erros mais comuns entre empreendedores de micro e pequenas empresas — ou de, até mesmo, negócios de médio porte. Afinal, reduzir custos é uma das estratégias mais eficientes para aumentar a lucratividade do negócio.

Portanto, é necessário refletir sobre a estrutura de produção da empresa e analisar os pontos em que reduções e cortes podem ser feitos para minimizar os gastos.

Em geral, as medidas mais simples podem oferecer as soluções mais rápidas para esse problema, como:

  • substituir equipamentos por modelos mais econômicos;
  • padronizar procedimentos internos;
  • alterar a disposição do layout do estabelecimento para gerar mais produtividade.

Hoje em dia podemos contar com organizações que prestam serviços de consultoria para análise e proposição de medidas de redução de despesas corporativas. O objetivo é saber como fazer mais por menos, concorda?

2. Não ter organização nas finanças da oficina mecânica

Essa é uma prática equivocada que é cometida por empreendedores dos mais variados segmentos de atuação no mercado. Podemos ir além e mencionar o fato de que muitos donos de empresas têm o hábito de misturar as finanças pessoais com as corporativas.

Para evitar esse tipo de falha e contribuir positivamente com a rentabilidade da organização, considere:

Medidas como as que citamos acima ajudarão a conduzir os gastos da empresa e a controlar custos e investimentos de acordo com as possibilidades da oficina mecânica.

Ao implementar essas práticas, desde que o negócio atinja suas metas de faturamento, o gestor não apenas garantirá a lucratividade da empresa, como também poderá utilizar a geração de um fluxo positivo para fomentar o crescimento da companhia.

3. Não fazer uma boa gestão de pessoas

Gerenciar uma equipe é uma tarefa que pode apresentar desafios realmente complexos, até para o mais experiente dos empresários. Por isso, muitas empresas acabam lidando com funcionários desmotivados em seu time, o que afeta negativamente a produtividade e reduz o ritmo de produção.

Dado o contexto, é altamente recomendável melhorar a gestão de pessoas e implementar medidas como:

4. Deixar de investir em marketing

Em um contexto amplo como o que estamos vivendo atualmente, em que mídias sociais e tecnologia possibilitam que empresas concorram umas com as outras de forma democrática e acessível, é evidente que investir em marketing não é um mero capricho.

Muito pelo contrário: ao investir em ações para promover a oficina mecânica, o empresário poderá gerar os ativos necessários para garantir o crescimento da empresa de maneira escalável, sem que seja preciso investir somente em mídias pagas, já que esse tipo de estratégia permite que o retorno continue a ser gerado com o decorrer do tempo.

Dentre os ativos de marketing que sua oficina mecânica deve considerar investir, podemos citar:

  • e-mails marketing;
  • redes sociais;
  • produção de conteúdo (blog, site, ebooks, entre outros) para agregar valor à marca e atrair mais clientes;
  • website.

5. Negligenciar a gestão comercial

Para concluirmos, vale a pena mencionar um dos grandes equívocos que muitos gestores cometem ao administrar uma oficina mecânica: a má gestão comercial ou falta de planejamento estratégico.

Uma gestão comercial eficiente é iniciada a partir de processos claros e objetivos. Para isso, considere fazer uma organização horizontal, alinhando as etapas do processo e questionando uma série de fatores relevantes, como:

  • Qual é objetivo da sua oficina mecânica nesta etapa?
  • O vendedor sabe elaborar e apresentar a proposta comercial da empresa com maestria?
  • O que é necessário para que os clientes potenciais avancem para a próxima etapa?
  • Existem limitações de orçamento para que isso seja concretizado?
  • É preciso fazer algum tipo de verificação de crédito ou consulta de negativação para que o cliente possa adquirir mais de seus produtos ou serviços?
  • Quais ferramentas a empresa pode contar para proporcionar um atendimento de qualidade ao cliente tanto nas vendas como no pós-venda?
  • Quais são os motivos que levam a oficina mecânica a perder oportunidades de fechar negócio? Orçamento, necessidade pelo produto, qualidade de atendimento ou concorrência?
  • Qual é a sua taxa de conversão?
  • Quais são suas metas de crescimento?

Resumindo: para garantir ótimos resultados para sua oficina mecânica é fundamental ter um ótimo planejamento estratégico implementado, trabalhar com ações e objetivos bem definidos e entender sua responsabilidade como gestor.

Como você pôde conferir no artigo de hoje, é imprescindível conhecer o comportamento de seus clientes e os processos internos de sua oficina mecânica para eliminar as práticas que impedem que ela seja bem-sucedida.

Além disso, estabelecer políticas eficientes de gestão de pessoas e investir em marketing podem gerar grandes diferenciais competitivos para o negócio, não é verdade?

Você ainda tem alguma dúvida sobre quais práticas podem impedir o crescimento de sua oficina mecânica? Quer compartilhar a sua experiência sobre o assunto com a gente? Então aproveite os comentários para deixar a sua a opinião!