Para conseguir atender bem os clientes, é necessário contar com um estoque de peças de reposição que seja bom e também confiável. Trabalhar com marcas sérias e que consigam oferecer produtos de qualidade é fundamental para manter o nome da oficina.

O correto é evitar ter que pesquisar fornecedores de última hora para conseguir atender clientes que aguardam a finalização do serviço. Além de correr riscos procurando somente uma entrega rápida, não dedicar um pouco mais de atenção no estudo do fornecedor pode levar a escolhas de peças duvidosas.

Na busca de boas opções de peças de reposição, o melhor a fazer é ter fornecedores de confiança. Assim, quando a situação exigir uma compra mais rápida, não existem riscos a serem corridos.

Para selecionar o fornecedor, alguns aspectos não podem ser deixados de lado e neste post vamos te ajudar nessa tarefa. Confira!

Certificações de qualidade

A primeira coisa a ser feita para garantir que seus clientes tenham peças de boa qualidade em seus veículos é procurar fornecedores que contem com certificações de qualidade em conformidade com as que são exigidas por cada montadora.

A engenharia automobilística continua evoluindo a cada dia e ela precisa garantir que o desgaste das peças consiga resistir de maneira adequada às forças recebidas, calor e outros agentes.

Como vários componentes dos veículos precisam desempenhar atividades repetitivas e estão sujeitos a torque e pressão considerável — especialmente no caso do motor —, trabalhar com peças de reposição que não estejam dentro das especificações das montadoras pode resultar em muitos, e consideravelmente caros, problemas.

Antes de instalar qualquer item, é preciso conferir se ele está dentro dos padrões de qualidade e das normas especificadas. Cada montadora elege as suas certificações e não é uma boa ideia ignorar esse tipo de informação antes de fazer a solicitação de peças.

Ao seguir corretamente o padrão exigido, é possível garantir que as chances de haver um problema com relação às peças usadas serão mínimas — já que as exigências técnicas, dimensionais e metalúrgicas terão sido seguidas à risca.

Termo de garantia

A Lei nº 8.078/90 do Código de Defesa do Consumidor (CDC) diz que, em alguns casos, a responsabilidade por reparar danos e até indenizar clientes pode ser solidária entre o fabricante e o comerciante que revender um produto defeituoso.

Na prática, isso significa que trabalhar com peças de reposição de qualidade duvidosa pode oferecer o risco da oficina ter que arcar com prejuízos causados pela má qualidade dos itens instalados.

Ainda no CDC, é dito no inciso II do artigo 26 que a garantia de produtos duráveis é de 90 dias corridos a contar da data da compra do item. Assim, qualquer peça que se tenha instalado em um veículo de cliente está assegurada de forma obrigatória por esses dias, mesmo sem a emissão do termo de garantia.

De qualquer forma, esse prazo é muito curto quando se pensa no desgaste dos automóveis. Por isso, ao buscar fornecedores, procure aqueles que ofereçam um período maior de garantia. Conseguir um parceiro que tenha condições de dobrar esse prazo é uma boa ideia.

Suporte técnico

Toda empresa de comércio e/ou serviços terá um grande destaque para a sua área de vendas. Como precisa faturar para se manter de pé, realizar vendas é fundamental e é por isso que os telefones de atendentes ou representantes comerciais estão sempre disponíveis para fechar negócios. 

É natural também perceber que e-mails e qualquer outro tipo de retorno seja bastante rápido quando o assunto é o fechamento de negócios. Contudo, quando o foco da conversa muda para suporte técnico, troca de peças com defeitos e coisas do tipo, dependendo do fornecedor, o clima pode ser um pouco menos caloroso.

Para não ter prejuízos e não atrasar os serviços dos clientes, um bom gestor de oficina sempre utiliza fornecedores que tenham uma área de suporte bem estruturada e que conte com a capacidade de resolver dúvidas e problemas com velocidade e profissionalismo. A dica é sempre avaliar bem antes para não passar por apertos depois.

Durabilidade das peças de reposição

Como foi falado na parte de certificações de qualidade, um item bastante importante na hora de selecionar peças e fornecedores é estar atento para a durabilidade e resistência dos itens. Esse quesito está diretamente relacionado com a tecnologia empregada na fabricação e no material escolhido.

Adotar o uso de peças de reposição que não tenham uma boa procedência pode ser um grande risco porque o nome da oficina vai junto no veículo do cliente. Se houver algum problema, o público provavelmente irá associar a dor de cabeça gerada à empresa que fez a troca da peça.

Outro ponto que vale ser destacado é a questão dos danos colaterais. Quando uma peça de reposição quebra ou é danificada — por estar em contato direto, ou mesmo somente perto, de outras —, ela pode propagar os prejuízos. Um bom exemplo disso é o que acontece quando uma correia dentada parte: o estrago pode ser muito maior e mais caro.

Economia

Para finalizar, o destaque vai para a boa e conhecida relação custo-benefício. Pagar barato por um produto qualquer não significa necessariamente conseguir economizar. Se ele não tiver uma qualidade adequada para conseguir cumprir com eficiência o seu propósito, provavelmente será necessário fazer uma substituição antes do prazo devido. Isso sem falar na possibilidade de outros problemas também acontecerem.

Sendo assim, o melhor a fazer é buscar por fornecedores e peças de reposição que consigam ter boas condições de durabilidade e de compra — tanto de preço como de negociação e também com relação à entrega.

Não adianta ter um marketing bem feito da oficina se os clientes não puderem se sentir seguros com os serviços prestados. Invista em uma boa pesquisa de peças e deixe o seu negócio mais seguro ao contar sempre com um fornecedor que possa oferecer produtos com qualidade e que garanta que os serviços que forem prestados aos seus clientes sejam sempre de confiança.

Para saber um pouco mais sobre opções de peças de reposição, principalmente se o assunto for motores, entre em contato conosco. Temos uma equipe preparada e pronta para tirar suas dúvidas e auxiliar na escolha dos melhores itens para a sua oficina e também para seus clientes!