bronzinass

Bronzinas: como funcionam e quais cuidados devem ser tomados na sua manutenção?

Você já deve ter se perguntado como aparelhos como motores à combustão giram de forma tão suave e silenciosa, não é mesmo? A resposta pode ser encontrada em pequenas máquinas conhecidas como bronzinas. Elas facilitam o funcionamento de muitas das máquinas que utilizamos todos os dias.

Sem as bronzinas, estaríamos sempre substituindo peças de veículos que se desgastam com o atrito, por exemplo. Neste artigo, listamos informações importantes sobre como os rolamentos funcionam, explicamos suas funcionalidades e abordamos pontos a serem verificados para saber se a bronzina está funcionando bem. Confira!

O que são as bronzinas?

Bronzinas são pequenas peças feitas de materiais diferentes e que apresentam a funcionalidade de comportar outras peças, como o eixo e a biela. As bronzinas são um elemento de máquina que limita o movimento relativo somente ao movimento desejado e diminui o atrito entre as suas partes móveis.

Elas viabilizam um movimento linear livre da parte móvel ou a rotação livre ao redor do eixo fixo; ou podem afetar o movimento, tendo o controle dos vetores de forças normais que prejudicam as partes que são consideradas móveis.

A maioria das bronzinas favorece o movimento desejado, minimizando o atrito. Elas são classificadas amplamente de acordo com o tipo de operação, os movimentos concedidos ou as forças utilizadas nas peças.

Qual é o papel das bronzinas?

Como vimos, sem as bronzinas é preciso fazer a substituição de peças gastas frequentemente, em razão do atrito. Elas são utilizados ​​basicamente para realizar três tarefas importantes, como podemos ver abaixo:

  1. diminuir o atrito;
  2. suportar a carga;
  3. fornecer o guia para os componentes móveis, como rodas ou eixos.

A aplicação das bronzinas tem um objetivo primordial: diminuir o atrito entre os componentes móveis. Um exemplo é o caso do movimento do eixo dentro da caixa do rolamento. O rolamento reduz o esforço necessário e exige energia para fornecer um movimento mais suave do eixo dentro da caixa do rolamento, reduzindo o atrito.

Como sabemos que a carga depende da direção e do peso, as bronzinas são usadas ​​para suportar as cargas em todas as aplicações de mecânica. O eixo sempre tentará empurrar o rolamento na direção em que a carga se moverá.

É importante ressaltar que a bronzina não é uma peça considerada universal. A peça é produzida de forma específica por cada fabricante, e é necessário seguir as recomendações de cada tipo de motor, a fim de que não ocorra o mau funcionamento das peças ou que elas sejam danificadas.

Como funcionam as bronzinas?

O conceito por trás das bronzinas (rolamentos) é simples: rolar é melhor que deslizar. As rodas dos veículos são como grandes rolamentos. O fato é que quando os objetos deslizam, o atrito entre eles cria uma força que tende a desacelerá-los. O atrito, no entanto, será muito reduzido se as duas superfícies puderem rolar uma com a outra.

As bronzinas normalmente suportam dois tipos de cargas: radiais e axiais. Dependendo de onde elas são utilizadas, é possível ver todas as cargas radiais, todas as cargas axiais ou uma combinação de ambas. Os rolamentos de uma roda de carro estão sujeitos a cargas axiais e radiais.

O rolamento superior é como o do cubo de um carro. Esse rolamento deve suportar cargas radiais e axiais. A carga radial vem do peso do carro, e a carga de impulso vem da força de giro ao virar.

Quais são os principais cuidados e sinais que devem ser observados pelos mecânicos?

As bronzinas devem ser mantidas em um ambiente livre de poeira. Choques ou impactos fortes podem danificar os rolamentos e resultar em rachaduras ou rupturas. Sempre utilize ferramentas e equipamentos adequados ao manusear o rolamento.

Mantenha as bronzinas em um ambiente livre de umidade, para evitar a corrosão nos rolamentos. O método de montagem da bronzina afeta seu desempenho, sua precisão e sua vida útil. Elas devem ser desembaladas antes da montagem. É necessário aplicar graxa ou lubrificar com óleo, não sendo necessária a limpeza do mancal.

Existem alguns cuidados a serem tomados durante sua montagem:

  • limpeza da bronzina e superfície de montagem das peças;
  • verificação de dimensões e inspeção de peças;
  • montagem;
  • inspeção após a montagem;
  • lubrificação.

O método de montagem dependerá do tipo de bronzina e do tipo de ajuste. O anel interno do rolamento tem ajuste perfeito no eixo giratório, e a pista externa apresenta interface ou ajuste apertado, dependendo da aplicação.

Como saber se a bronzina está funcionando bem?

Quando as bronzinas são inspecionados na sua oficina mecânica, a aparência delas deve ser registrada, e a quantidade e a condição do lubrificante residual devem ser verificadas. Após a amostragem do lubrificante para exame, os rolamentos devem ser limpos. Em geral, é possível usar óleo leve ou querosene ​​como solução de limpeza.

Esses rolamentos desmontados devem passar por uma limpeza preliminar, seguida de um enxágue de acabamento. Cada banho deve ser fornecido com uma rede de metal para apoiar os mancais no óleo, sem tocar nas laterais ou no fundo do tanque. Caso os rolamentos girem com materiais estranhos durante a limpeza preliminar, as pistas podem ser danificadas.

O lubrificante e outros depósitos devem ser removidos no banho de óleo, durante a limpeza inicial com uma escova, por exemplo. Depois que a bronzina estiver relativamente limpa, ela recebe o enxágue de acabamento — que deve ser feito com cuidado, com o rolamento sendo girado e imerso no óleo de enxágue. É necessário manter o óleo de enxágue sempre limpo.

Depois de totalmente limpos, os rolamentos devem ser examinados com relação às condições de suas pistas e superfícies externas, a quantidade de desgaste da gaiola e o aumento da folga interna. Eles devem ser verificados cuidadosamente, em busca de possíveis danos ou outras anormalidades, a fim de determinar a possibilidade ou não de seu reaproveitamento.

A determinação de reutilizar um rolamento deve ser feita apenas após considerar o grau de desgaste da bronzina, a função da máquina, a importância do rolamento na máquina, as condições de operação e o tempo até a próxima inspeção.

Agora você sabe tudo sobre as bronzinas! Por mais que seja uma tarefa simples, é importante que um profissional qualificado faça a substituição da bronzina, pois ele domina melhor todas as fases do funcionamento de um motor. Esse é um procedimento rápido, mas muito importante. É preciso somente um pequeno equívoco, como inverter a peça durante a instalação, para o motor do veículo sofrer prejuízos enormes.

Nosso post foi útil para você? Então, entre já em contato conosco e conheça nossos produtos para a sua oficina!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.