Apesar de toda crise que se instaurou nos últimos anos é possível pensar em crescimento para o seu negócio?

Sim, é verdade que algumas pequenas e médias empresas estão acendendo a luz de emergência. Mas será realmente que o mercado de autopeças não encontra nesta crise uma oportunidade para crescer? O número de vendas de carros usados aumentou neste último mês versus carros novos e a tendência é que este número ainda seja maior.

Claro que para isso é preciso se preparar, saber investir, saber vender e, principalmente esfriar a cabeça para enxergar os melhores caminhos. E ouvir alguns bons conselhos! Como estes que estamos trazendo:

Mantenha a calma

Todos estão vivendo a mesma realidade. Se suas vendas caíram ou o número de serviços baixou, lembre-se de que necessariamente o problema não está no seu negócio. A economia está em movimento. E parece favorecer os carros usados

Reaja!

Tudo bem, a crise é em diversos setores, seus concorrentes também devem estar sentindo algum impacto, mas não é por isso que você vai ficar esperando sentado um novo cliente bater à porta. É hora de ser prático

Mãos à obra

Identifique o que seus clientes estão procurando. Preço? Agilidade? Peça a pronta entrega? Ouvir seus clientse e trocar ideia com outros colegas da área irão dar a você uma ideia para do que precisa ser feito. Comece pelas mudanças menores. E teste as maiores. Assim você terá controle do seu negócio, colocando ele na direção certa, sem grandes perdas.

Inove

Brasileiro tem uma capacidade incrível de se reinventar na crise. Faça a lição de casa: o que será que você poderia passar a oferecer como diferencial no seu negócio? Descontos em compras de mais de uma peça? Descontos acumulado? Sorteios? Descontos em parceiros que oferecem serviços complementares? Todo mundo tem capacidade de criar. Você vai conseguir

Busque parceiros

Parceiro certo faz a diferença neste momento. Ter ao lado, aquele que vai entender a sua necessidade e apoiar o seu negócio.

 

Crise tem dois significados para os orientais: risco e oportunidade. Vamos aprender com eles: encarar os riscos e aproveitar as oportunidades!