É fácil encontrar empresas de grande porte que tenham um cadastro bastante detalhado de seus fornecedores. Como costumam lidar com um volume alto de contatos, elas precisam se organizar para evitar problemas e extrair o melhor na relação de compra e venda. Esse tipo de organização é o que chamamos de gestão de fornecedores.

Independentemente do tamanho da instituição, a gestão de fornecedores pode ser aplicada a qualquer negócio, trazendo melhores resultados para quem busca investir em boas parcerias, aumentando a credibilidade e ajudando até mesmo no aumento de vendas.

Para conseguir aplicar esse tipo de gestão em sua oficina, separamos algumas boas práticas de mercado que são fáceis de serem aplicadas e que trarão melhores resultados para o seu negócio.

1. Pesquise a reputação do fornecedor

Essa é uma dica que provavelmente já ouviu em algum lugar — e isso não acontece sem motivo, pois essa é uma das práticas mais importantes que você pode adotar para cuidar bem da sua oficina.

Com uma ajuda da internet, mas também sem deixar de lado os seus contatos pessoais que podem dar testemunhos bem sinceros a respeito de fornecedores que já tenham experimentado, não é difícil levantar informações sobre potenciais fornecedores.

Na hora de fazer essa pesquisa, é bom ficar atento a quatro pontos fundamentais:

Tempo de mercado

O primeiro deles é o tempo de mercado. Mesmo não garantindo o futuro da empresa, aquelas que têm conseguido se manter atuante por mais tempo demonstram alguma solidez e passam mais confiança.

Qualidade dos produtos

Logicamente,  a qualidade dos produtos oferecidos não pode ser deixada de lado. Nessa hora, é importante se lembrar de que nem sempre o mais caro é o melhor. É preciso avaliar bem o material, as técnicas usadas e as características de cada peça para ter certeza do que realmente tem qualidade superior.

Prazo de entrega

De nada adianta o produto ser de boa qualidade e confiável se o prazo de entrega não for minimamente razoável e cumprido como prometido. Alguns fornecedores podem ter problemas de abastecimento de estoque, o que influencia diretamente a velocidade do andamento dos serviços na sua oficina.

Garantia

Com relação à garantia, confira, além dos prazos, quais são as condições para trocas de peças. Veja se o suporte que o fornecedor oferece é adequado ao que você precisa para evitar ficar na mão ou ter dores de cabeça com seus clientes.

2. Dê preferência para fornecedores mais próximos

Toda logística tem um custo que recai sobre as operações das empresas e, no caso da sua oficina, não é diferente. Estima-se que dois terços do custo da logística estão ligados ao transporte de itens, o que significa que quanto mais longe estiver o seu fornecedor, provavelmente, mais caro ele vai ser.

Além disso, é preciso lembrar que a distância do fornecedor também afeta diretamente o prazo de entrega que ele consegue cumprir para entregar as peças em sua oficina. As compras que são feitas de forma programada e com alguma antecedência não costumam ter tantos problemas de entrega.

Contudo, naqueles momentos de urgência, quando o seu estoque está vazio e o cliente está esperando no balcão, ter um fornecedor de peças mais perto faz toda a diferença.

Outra coisa importante quanto à proximidade do fornecedor é a chance de você ir pessoalmente negociar. Um conversa cara a cara aumenta as suas chances de uma parceria mais vantajosa e confiável entre as duas partes.

3. Tenha fornecedores reserva

As condições comerciais e de mercado costumam mudar. Em maior ou menor velocidade, a situação e as parcerias que existem hoje podem ser fortemente alteradas. Mesmo que tudo esteja em ordem, ainda existem casos de imprevistos que farão com que qualquer dono de oficina tenha que apelar para fornecedores com os quais não está acostumado a trabalhar.

Para não ficar em apuros em momentos como esses, é bom ter uma lista de fornecedores reserva. Talvez sejam aqueles um pouco mais caros, que estão em um local mais longe ou até com uma qualidade inferior (desde que ainda sejam aceitáveis).

Mantenha uma lista desses fornecedores atualizada e faça alguns testes de vez em quando para monitorar como anda a qualidade dos itens, preços e também o tempo de entrega. Assim, sua oficina fica mais preparada para situações emergenciais.

4. Considere preço e condições de pagamento

Normalmente, na hora de fazer compras, os empreendedores costumam focar, além do prazo de entrega, no valor do pedido. É claro que não podemos deixar de lado o somatório das compras, mas o que muita gente se esquece é de avaliar também a condição de pagamento com atenção.

Isso não significa que o parcelamento de todas as compras é sempre a melhor opção e nem se pode dizer também que o pagamento à vista é o melhor a fazer. Antes de fechar qualquer compra de peças, o que se precisa é avaliar como anda o fluxo de caixa da oficina.

Confira quanto dinheiro está disponível e que não está comprometido com outras obrigações, além de checar também os seus recebíveis futuros. Depois de entender como andam as suas contas, veja se sua empresa tem condições vantajosas de pagamento à vista mediante um bom desconto ou se o melhor é fazer um parcelamento e diluir o pagamento.

Tome o cuidado de avaliar sempre o seu financeiro e evite negociar com seus parceiros de forma automática. Com um pouco mais de atenção, você pode conseguir aumentar a lucratividade do negócio.

Seguindo todas essas dicas e lembrando sempre de fazer uma avaliação constante dos seus fornecedores, sua oficina terá muito mais chances de trabalhar com tranquilidade, segurança e satisfazer seus clientes.

Lembre-se de que as marcas que você usa nos serviços prestados também agregam valor à sua. Elas dizem muito a respeito de como você trabalha e o nível de preocupação que tem com o seu público. Por isso, você deve ter atenção redobrada ao que entra no seu estoque.

Se você gostou as dicas de hoje sobre como fazer uma gestão de fornecedores de forma prática e com bons resultados no seu negócio e quer ter acesso a mais conteúdos que vão ajudar no dia a dia da sua empresa, assine a nossa newsletter e fique sempre por dentro das atualidades do mercado!