A empresa familiar é aquela em que uma família tem o controle da gestão, do patrimônio e da propriedade do empreendimento. Boa parte dos membros podem ser parentes, mas é possível também haver a contratação de pessoas de fora. Muitas oficinas mecânicas começam assim, pelo sonho de um pai e que vai passando para os filhos, irmãos, esposas e diversos outros familiares.

Organizações desse tipo têm muitas potencialidades, mas também envolvem uma série de cuidados na gestão, para garantir que as situações caminhem bem. Quer aprender mais sobre o gerenciamento de empresa familiar e melhorar os processos na sua oficina mecânica? Confira o nosso post e saiba mais sobre o tema!

Qual a importância de uma boa gestão no negócio da família? 

A boa gestão no negócio da família é fundamental para a empresa crescer e conseguir concorrer no mercado. Gerenciando bem o negócio, é possível criar condições para enfrentar os desafios do dia a dia e alcançar resultados positivos.

A empresa familiar tem suas particularidades. Os gestores devem aproveitar as potencialidades e a união da família para maximizar os esforços nas atividades e promover o desenvolvimento. Com todos se empenhando na mesma direção, é possível construir uma trajetória de sucesso.

Quais são as melhores práticas de gestão para empresas familiares?

Há uma série de práticas que podem ser adotadas na empresa familiar para a realização de uma boa gestão. Veja quais são essas medidas a seguir!

1. Profissionalize a gestão da empresa familiar 

Profissionalizar a gestão da empresa familiar é essencial para os negócios darem certo. Para isso, é importante definir as regras de forma clara. Elas vão servir de orientação para os colaboradores, ajudando no direcionamento das ações e facilitando a tomada de decisões. 

Nesse contexto, é necessário também fazer uma boa gestão de cargos e funções, delimitando essas questões de forma detalhada, imparcial e profissional. As faixas salariais devem estar compatíveis com o cargo e o padrão do mercado, sem privilégios baseados em afinidades.

As relações familiares precisam ser separadas das interações profissionais. Isso significa que os problemas da empresa são resolvidos durante o trabalho e que desentendimentos e conflitos de familiares devem ser resolvidos fora do ambiente da oficina. Quando você evita misturar essas dimensões, as situações caminham de forma mais tranquila e harmônica.

2. Defina a cultura organizacional

Uma cultura organizacional sólida e bem estruturada é uma fonte importante de orientação das ações na empresa familiar. Ela ajuda a manter um bom relacionamento entre as pessoas, promove engajamento, facilita a indicação do que é esperado em termos de resultados e desempenho e cria coesão na equipe.

Além disso, a cultura organizacional tem uma grande influência na sensação de pertencimento que o colaborador tem com a empresa, o que é ainda mais forte em uma oficina familiar. Ela é uma importante fonte de orientação nas ações, além de unificar os esforços em um objetivo comum, mobilizando todo o time.

3. Invista na capacitação 

A capacitação contínua é essencial para as empresas familiares. Ela contribui para a renovação do repertório de possibilidades. Afinal, as pessoas aprendem novas técnicas, conhecem novos recursos e podem contribuir mais para o sucesso do negócio. O aprendizado instrumentaliza os profissionais com os conhecimentos necessários para eles saberem como lidar com as situações do dia a dia de trabalho.

Os processos educativos ajudam pessoas nos papéis operacionais e também quem está na gestão. Com uma equipe bem qualificada, fica mais fácil alcançar bons resultados.

4. Crie uma cultura de feedback na empresa familiar

O feedback é uma ferramenta essencial para empreendimentos de todas as modalidades. Na empresa familiar, não é diferente. Ele é um retorno construtivo sobre o desempenho em determinada tarefa, sendo importante para a motivação e para auxiliar os colaboradores no aperfeiçoamento do trabalho. 

Uma cultura de feedback na oficina da família vai ajudar os membros a aprenderem de forma contínua. Com isso, novas melhorias podem ser incorporadas aos procedimentos. Esses fatores geram crescimento profissional e aperfeiçoamento dos processos. O feedback negativo auxilia na realização de correções e o positivo contribui para o engajamento.

5. Faça um plano sucessório

A sucessão na empresa familiar pode ser um problema quando ela não é pensada com antecedência. Isso porque a escolha dos herdeiros envolve mais do que afinidades. É preciso entregar a empresa a alguém que tenha um bom preparo e que deseje dirigir a oficina da família. Ou seja, você tem que capacitar o parente que vai assumir o negócio.

É importante avaliar também se o familiar tem o perfil necessário para assumir a liderança. Invista nas graduações, cursos e em preparar a pessoa para ser sucessora.

6. Crie um conselho de família

Um conselho pode ser um recurso importante para que a família possa refletir em conjunto sobre as direções e medidas tomadas na oficina. Essa proposta ajuda a unificar os objetivos, facilita o relacionamento profissional e permite criar uma gestão mais democrática, em que todos podem ser escutados e dar sua contribuição. O resultado é que os negócios podem caminhar bem e as relações entre os familiares também são beneficiadas.

7. Tenha fornecedores de confiança para peças automotivas da oficina

Por último, é fundamental que a sua oficina familiar conte com fornecedores de confiança, para criar uma relação colaborativa e construtiva, que ajude o negócio a ter longevidade e tradição. Com bons fornecedores de autopeças, a empresa pode oferecer aos clientes a garantia de estar aplicando materiais e peças de qualidade, o que vai proporcionar mais tranquilidade para funcionários e consumidores.

Forme parcerias sólidas com empresas de qualidade e que estejam alinhadas com a cultura corporativa da sua organização. O resultado são bons negócios, cooperação e crescimento para o seu empreendimento.

Fazer a gestão de uma oficina familiar envolve diversos desafios, mas também oferece um cenário cheio de potencialidades para você crescer junto com seus parentes. Com as estratégias certas é possível desenvolver um gerenciamento efetivo e preparar bem os colaboradores. 

Invista nas capacitações e separe bem os processos de casa dos assuntos do trabalho. Além disso, é fundamental contar com os melhores fornecedores, para a sua oficina ter ótimos resultados e promover a satisfação dos clientes.

E então, gostou de aprender mais sobre a gestão de empresa familiar? Aproveite e entre em contato conosco. Somos fornecedores de autopeças altamente qualificados e estamos prontos para ajudar!