Na hora de abastecer um veículo, os motoristas podem contar com diferentes tipos de combustíveis. Enquanto carros leves e pequenos geralmente são movidos a gasolina ou álcool, os veículos pesados, como ônibus e caminhões, costumam usar o óleo diesel.

O Brasil é um dos poucos países no mundo onde existem restrições para o comércio de modelos movidos a esse tipo de combustível. Desde 1976, o Governo permite que apenas automóveis comerciais leves e pesados sejam impulsionados pelo motor a diesel.

Isso quer dizer que, tirando ônibus e caminhões, apenas carros com carroceria SUV e preços acima de R$ 100 mil são fabricados com motores diesel no país.

Mas você sabe como funciona um motor a diesel? No post de hoje separamos tudo o que você precisa saber sobre esse tipo de equipamento, desde suas principais caraterísticas até os diferenciais frente aos motores à gasolina e etanol. Acompanhe até o fim para conferir!

O que é um motor a diesel

Capaz de transformar energia térmica em energia mecânica, o motor a diesel obtém energia a partir da queima do óleo diesel, o que acontece dentro de cada cilindro do motor.

Enquanto em motores a gasolina e álcool a combustão ocorre por meio de uma faísca produzida pela vela de ignição, no motor a diesel a queima do combustível ocorre a partir do calor liberado quando o ar é altamente comprimido na câmara de combustão, o que inflama o diesel em vez de usar uma vela de ignição.

Inventado no fim do século XIX, esse motor surgiu com o objetivo de encontrar uma opção mais eficiente e sustentável do que a gasolina.

Princípio de funcionamento do motor a diesel

Nesse tipo de motor, o combustível é inflamado e, ao se expandir, movimenta o pistão do motor, gerando a energia mecânica. Esse processo acontece em quatro tempos (ou fases):

  • indução: o ar é sugado para dentro do cilindro através da válvula de entrada;
  • compressão: o pistão sobe e comprime o ar no interior do cilindro;
  • ignição: o óleo diesel é injetado no ar comprimido a uma temperatura altíssima, o que faz com que ele entre em combustão espontânea e force o movimento do pistão para baixo;
  • exaustão: os gases que se formam durante a ignição são expelidos do interior do cilindro por meio do movimento ascendente do pistão.

Ao contrário da gasolina, o óleo diesel tem uma capacidade menor de vaporização e não vai para a câmara de combustão como uma mistura de combustível e ar, mas sim, sob uma alta pressão através de um injetor.

Ao fim das quatro fases que apresentamos acima, o acelerador será responsável por regular a quantidade de combustível fornecida pela bomba e, assim, ajustar a potência que o motor vai gerar.

Principais características do motor a diesel

Um dos grandes diferenciais desse tipo de motor é que ele permite adaptações para funcionar com diversos tipos de combustíveis, como óleos vegetais, gás natural e até mesmo gasolina de alta octanagem. No entanto, o combustível mais indicado é o óleo diesel destilado do óleo mineral cru.

Os veículos que funcionam a partir do motor a diesel também são caracterizados por um curso de pistão mais longo, além de ter mais torque. Dessa forma, o motor é capaz de sair da inércia com uma força maior e movimentar um automóvel pesado mais facilmente — o que não ocorre em motores a gasolina, já que esse combustível é menos volátil.

Com isso, podemos dizer que, embora demore mais para fazer o veículo ganhar velocidade, o motor compensa fornecendo a força inicial necessária que ele precisa para se movimentar.

O alto rendimento do motor, que contribui para a redução nos custos do combustível, a maior duração do equipamento, a segurança e os custos menores com manutenção fazem desse motor o preferido para o uso em veículos pesados.

No entanto, ele tem como desvantagem o preço elevado e o peso maior, assim como a vibração que produz à baixa rotação e o cheiro de combustível queimado após a combustão. Além disso, seu ruído é maior do que o provocado por um motor a gasolina ou álcool e, como já citamos, tem uma menor capacidade de aceleração.

Diferenciais do motor em relação a outros tipos de motores

Quando comparamos um motor de veículo diesel a outros tipos de motores, como gasolina e álcool, podemos encontrar diversas vantagens. Abaixo você confere as principais!

Baixo consumo

Apesar do motor a diesel ter mais torque, como já mencionamos neste post, isso não quer dizer que ele tem um consumo maior. Por isso, um dos grandes diferenciais desse motor em relação aos carros movidos a gasolina e álcool é a maior economia de combustível.

Alguns veículos médios com motor a diesel, por exemplo, conseguem rodar até 30 quilômetros por litro de combustível. Já carros leves podem fazer até 100 quilômetros com menos de três litros.

Alta durabilidade

Com uma mecânica mais robusta, o motor movido a óleo diesel chama atenção por ser muito mais potente quando comparado a motores movidos a gasolina. Apesar de essa ser uma vantagem e tanto, a manutenção é mais complexa e, por isso, tende a sair mais cara.

Menos poluição

Muita gente não sabe, mas o motor a diesel é capaz de poluir menos o meio ambiente do que os movidos a gasolina ou etanol. Isso porque esse tipo de motor possui filtros e catalisadores capazes de proporcionar uma menor emissão de poluentes. O resultado disso é que, por incrível que pareça, a emissão é quase inexistente.

Uma vez que a quantidade de veículos nas ruas é cada vez maior e as soluções sustentáveis são essenciais nos dias de hoje, qualquer diminuição da poluição pode fazer toda a diferença, não é mesmo?

Como você viu até aqui, o motor a diesel não tem uma vela de ignição e faz a queima do combustível a partir da compressão em alta temperatura. Além disso, o motor chama a atenção por apresentar um menor consumo de combustível, maior vida útil e poluir menos o meio ambiente.

Gostou deste post? Aproveite para entrar em contato com a TAKAO e conhecer a mais completa gama de peças automotivas do mercado!