planejamento de estoque e a previsão de demanda são essenciais para garantir os bons resultados de qualquer negócio, pois permitem que os gestores se antecipem às necessidades futuras e evitem problemas, como as compras urgentes.

Afinal, compras realizadas de última hora podem afetar a oficina mecânica, já que os produtos e as peças tendem a ser adquiridos com preços mais altos do que quando comprados com antecedência, sem mencionar a credibilidade do negócio que pode ser prejudicada por conta de atrasos nos prazos de entrega de serviços aos clientes.

Por isso, no conteúdo de hoje, mostraremos como reduzir as compras urgentes por meio de uma estratégia de planejamento de estoque e demanda. Quer saber mais sobre o assunto? Então, não deixe de conferir o artigo de hoje!

O que é um planejamento de estoque e demanda?

De forma simplificada, previsão de estoque e demanda é o fundamento para todas as decisões estratégicas de uma empresa, principalmente nas que dizem respeito à cadeia de suprimentos.

De uma maneira geral, as empresas direcionam suas atividades conforme o rumo que o negócio toma. Esse rumo é estabelecido de acordo com previsões de diversos aspectos, sendo a de demanda uma das mais importantes, já que ela é a base do planejamento de departamentos, como vendas, produção e finanças.

No contexto de uma oficina mecânica, a previsão de demanda pode garantir o perfeito funcionamento, evitando que faltem peças utilizadas em manutenções, por exemplo, impactando diretamente no prazo de entrega e na qualidade dos serviços prestados.

Além disso, a previsão de estoque e demanda é uma ferramenta altamente eficiente para que os gestores planejem suas ações de maneira adequada e com antecedência.

Seja qual for o modelo operacional do negócio, o fato é que a primeira medida a ser tomada é prever a demanda de futuros clientes, pois, desse modo, é possível utilizar sua capacidade com eficiência, minimizar o tempo de reação dos consumidores, evitar perdas de vendas, reduzir os estoques e, é claro, eliminar as compras urgentes.

Qual a importância de elaborá-lo em uma oficina mecânica?

O planejamento de previsão de estoque e demanda está diretamente ligado à gestão do estoque, sendo uma das variáveis de maior importância. E esse gerenciamento deve ser uma das principais preocupações dos gestores ao realizem análises de mercado e as preferências dos clientes por um determinado produto ou serviço.

Infelizmente, é muito comum que as empresas realizem pedidos sem conhecer, de fato, a demanda, o que acaba acarretando em estoque parado, falta de produtos em estoque e problemas financeiros. Por isso, a previsão tem o intuito de ajudar nessa tomada de decisões.

Além disso, há uma vasta gama de aspectos que impactam de forma positiva na previsão de demanda, como:

  • redução de compras urgentes;
  • melhor utilização do espaço físico;
  • melhoria no relacionamento com fornecedores;
  • redução de custos operacionais;
  • aumento da lucratividade;
  • otimização do planejamento orçamentário;
  • comunicação mais eficiente entre os departamentos da oficina mecânica;
  • melhoria nos processos;
  • garantia de competitividade no mercado.

Como implementar essa estratégia na oficina mecânica?

Desenvolva padrões para gerenciar o estoque

O primeiro passo é implementar padrões no espaço em que você armazena os produtos, as peças e as mercadorias da oficina. Além de manter o ambiente limpo e organizado, cada item precisa estar definido de acordo com seus requisitos de armazenamento (umidade, temperatura, circulação de ar, etc).

Desenvolva um documento em que constem todas as normas a serem seguidas, para que os colaboradores tenham parâmetros para manusear e organizar o estoque da melhor maneira possível.

Defina responsabilidades e processos

Relatórios de inventário, organização física, métricas e indicadores de desempenho, fluxos de entrada e saída e atualização de dados: seja quais forem as etapas e atividades ligadas à gestão de seu estoque, o fato é que precisam manter-se alinhadas com seus devidos responsáveis.

Implemente um controle de fluxo de entrada e saída

Desenvolva um fluxograma em que todo o passo a passo a respeito de entradas e saídas de mercadorias esteja descrito.

Quanto mais clara for a comunicação a respeito das responsabilidades, mais simples se torna a resolução de problemas, além de evitar o “grande vilão” do estoque no contexto deste artigo: as compras urgentes.

Tenha rigidez no gerenciamento do estoque

A melhor maneira de prever demandas é ter total controle de seu estoque, correto? Isso significa que é necessário ter rigidez no processo de gestão e identificar cada item — por menor que ele seja — que está sendo armazenado, sempre segundo os padrões que foram definidos com antecedência.

É necessário, ainda, garantir o controle sobre entradas e saídas de mercadorias decorrentes de vendas e reposições no estoque. Para isso, contar com o auxílio da tecnologia por meio de um software de gestão empresarial pode fazer toda a diferença.

Estipule datas e períodos para compras e reposições

Em primeiro lugar, conte com fornecedores com credibilidade e confiança para que seja possível programar seus pedidos. Escolha fornecedores com os quais seja possível estabelecer um ótimo relacionamento comercial, já que isso reduzirá os riscos de que sua oficina fique na mão.

Além disso, bons fornecedores permitem, por exemplo, que você possa negociar melhores prazos de pagamento quando for necessário — da mesma forma que também proporcionam melhores condições de negociações em pedidos antecipados por demandas previstas.

O que queremos dizer é que deixar tudo para a última hora (compras urgentes) é um atitude que reduz sua margem de negociação e lucratividade, já que a oficina arca com preços mais altos na aquisição dos produtos.

Defina uma quantidade mínima e máxima para cada item em estoque

Para finalizarmos o conteúdo de hoje, vale mencionar uma das melhores práticas de planejamento de estoque e demanda: a definição mínima e máxima para cada produto armazenado.

Como você pôde conferir até aqui, tanto o excesso como a falta de mercadorias são prejudiciais para o negócio, não é verdade? Pois representam falhas nas finanças da oficina.

Sendo assim, para definir a quantidade de cada item, é necessário considerar aspectos como:

  • sazonalidade;
  • procura por cada produto/serviço;
  • disponibilidade dos fornecedores;
  • velocidade da rotatividade (giro de estoque).

Afinal, seu objetivo em uma estratégia de planejamento de estoque e demanda é encontrar equilíbrio a ponto de suprir as necessidades de seus clientes e, ao mesmo tempo, evitar as compras urgentes que prejudicam sua rentabilidade.

O artigo sobre como utilizar um planejamento eficiente de estoque e demanda para reduzir as compras urgentes foi útil para você? Quer receber mais conteúdos exclusivos como este? Então, siga-nos no FacebookGoogle+ e no Youtube para ficar por dentro das maiores novidades do mercado!