Se um dos seus objetivos é melhorar o atendimento ao cliente, entregando sempre algo a mais, alguns serviços automotivos devem ser oferecidos em sua oficina mecânica, visto que são muito procurados pelas pessoas e representam diferenciais importantes frente a concorrência. Os mais comuns deles são os reparos, sejam eles de menor dimensão ou mais complexos.

No entanto, outros tipos de serviços também despertam o interesse do consumidor, como a compra de peças para motor ou produtos (por exemplo, pneus) e a troca de óleo, ambos extremamente necessários para um bom funcionamento do veículo. Dito isso, o seu papel é sempre ter atenção à demanda do mercado, a fim de oferecer aquilo que é mais procurado pelos consumidores.

Neste post, apresentamos alguns dos principais serviços automotivos que são capazes de melhorar os resultados da sua oficina mecânica, assim como uma explicação básica sobre cada um. Vamos lá?

Revisões

Fazer uma revisão geral no carro previne possíveis problemas e prolonga a vida útil do veículo. Apesar de muitos condutores checarem com frequência alguns itens de funcionamento dos seus carros na própria garagem, é muito importante que procurem também por oficinas especializadas a fim de averiguar componentes como pneus, freios, motor e a parte elétrica.

No caso de automóveis novos, é usual que o motorista leve-os às autorizadas, por conta da garantia do fabricante do veículo. No entanto, para carros usados ou mais antigos, as oficinas mecânicas se tornam uma opção viável e interessante. Por isso, oferecer esse serviço e saber quais itens devem ser avaliados rende um aumento no faturamento do negócio.

Manutenções preventivas

Normalmente, algumas peças do automóvel se desgastam com mais facilidade. Por causa disso, é comum que os motoristas mais cuidadosos as chequem com certa frequência.

Alguns exemplos de atenção com a manutenção preventiva são: verificar o nível de óleo do motor e água do radiador, assim como o estado dos filtros de ar, combustível e óleo.

Troca de óleo

Um elemento crucial para o funcionamento dos automóveis é o óleo, porque é ele que limpa e lubrifica as superfícies internas do motor.

Não há um tempo exato estimado para a sua troca, mas é recomendado que seja feita a partir de 10 mil quilômetros rodados. Na verdade, esse número pode baixar para até cinco mil, devido às condições de direção e de pista.

A checagem deve ser realizada durante o abastecimento ou nas revisões. Porém, o veículo tem que estar em superfície plana e desligado por, pelo menos, cinco minutos.

É natural que os clientes procurem por uma oficina mecânica para fazer a troca de óleo. Assim, o serviço deve ser especializado, ágil e com um preço atrativo. Uma boa recomendação é dar dicas para reduzir o consumo de óleo — os motoristas adoram esse tipo de orientação.

Reparos

Com o trânsito nas cidades cada vez mais caótico, as colisões são comuns e até frequentes. Dessa forma, os reparos automotivos representam um dos principais serviços das oficinas mecânicas.

Por isso, é muito importante que a sua também concentre esforços nessa área. Contudo, como vimos, esse não deve ser o único foco, visto que existe a possibilidade de o cliente precisar de outros serviços e produtos em uma mesma visita.

Nesse contexto, oferecer todo tipo de conserto é um grande diferencial — desde os pequenos amassados e riscos, popularmente chamados de “martelinhos de ouro”, até outros mais complexos, que demandam um tempo maior.

Alinhamento e Balanceamento

Alinhar e balancear são dois serviços periódicos que devem ser feitos a cada 10 mil quilômetros rodados. Assim sendo, eles representam uma parcela de faturamento garantida, além de não demandarem investimento de tempo e custos altos para serem executados. Apesar da concorrência ser feroz, um atendimento de excelência é capaz de assegurar a fidelização do cliente.

Por sua vez, o balanceamento também deve ser feito após as trocas de roda ou de pneu, além da rodagem, porque deixar de fazê-lo pode acarretar em trepidações na hora de dirigir. Nesse sentido, disponibilizar esse serviço aumenta as chances de o condutor solicitá-lo após a substituição, e isso alavanca a sua margem de lucro.

Checagem do nível da água do radiador

Muitos motoristas não sabem que verificar o nível de água do radiador com frequência é um dos serviços automotivos que merece atenção.

Isso porque, no momento de uma combustão, a temperatura do veículo pode chegar a 3.000º C, e é exatamente a água que percorre o radiador e o motor que resfria o automóvel para evitar o superaquecimento. Negligenciar isso pode até fundir o motor.

Se os profissionais de sua oficina mecânica demonstram conhecimento técnico e conseguem orientar os clientes com clareza, as oportunidades de rendimentos com os serviços só aumentam.

Venda de produtos e peças para motor automotivo

Revender produtos e peças automotivas é algo bastante lucrativo, visto que alguns itens devem ser obrigatoriamente trocados depois de algum tempo de uso.

Assim é o caso dos pneus, que podem furar ou até mesmo ficar desgastados com o tempo de uso. Vale ressaltar que dirigir com esse item em mau estado de conservação, além de comprometer a segurança do condutor e dos passageiros, gera multa e perda de pontos na carteira.

Porém, as oportunidades de venda de peças para motor e produtos do ramo não param por aí. Outros itens, como calotas, óleos lubrificantes e líquidos de arrefecimento, também são muito procurados pelos clientes.

Para otimizar os ganhos, é fundamental pesquisar sobre quais são os itens mais vendidos no mercado e disponibilizá-los em sua oficina, sem deixar de prezar pela qualidade e optando por um fornecedor de marcas reconhecidas e certificadas, que ofereça garantia.

Por fim, destacamos a importância de você praticar um preço justo dos serviços automotivos em sua oficina e realizar uma boa divulgação de tudo o que oferece. É preciso, ainda, garantir um ambiente limpo e organizado, com um atendimento personalizado, porque tudo isso contribui para a fidelização dos clientes.

Se você gostou deste artigo com nossas dicas sobre os principais serviços automotivos, aproveite para entender quanto cobrar por hora na oficina!